O PIX é o novo sistema para pagamentos eletrônicos do Banco Central do Brasil.

Ainda não conhece o PIX? Clique aqui e saiba mais.

A data prevista para liberação é a partir de 16 de novembro, em todo o Brasil.

E, qual a relação entre esse novo sistema e a emissão de boletos no e-commerce?

Quem trabalha com e-commerce sabe que o boleto pode gerar muitos problemas, não é mesmo?

Se por um lado traz a vantagem e comodidade para os clientes que não querem usar o cartão de crédito, por outro, pode causar problemas para o vendedor:

⇒ Aproximadamente, metade das compras com boleto não são finalizadas por falta de pagamento.

⇒ A desistência gera gasto para a loja virtual, uma vez que a compra, ao ser concluída, tem de ser bloqueada, para que outra pessoa não possa comprar aquele produto.

⇒ Com essa desistência, a loja deixa de realizar a venda para outra pessoa.

⇒ Pense nos problemas citados anteriormente, em épocas nas quais o volume de vendas é muito alto, como a Black Friday e Natal, por exemplo. O prejuízo é alto para o vendedor.

E, como o PIX resolve esses problemas?

⇒ O sistema funcionará como um pagamento no débito, ou seja, é concluído na hora.

⇒ O vendedor não precisará mais aguardar a confirmação de pagamento via boleto.

⇒ Taxas bem menores que as praticadas pelas operadoras de cartão de crédito do mercado.

⇒ Assim que a venda é concluída, o vendedor já recebe o dinheiro em sua conta.

Diante de tantas vantagens e praticidade, podemos imaginar que os pagamentos por boleto deverão cair depois da liberação do PIX.

Obviamente, não será imediato, mas, ao que parece, é um movimento sem volta.

E você, o que achou da novidade?